Rio tem previsão de mais frio e baixa umidade do ar

O Rio de Janeiro voltou a bater o recorde de frio do ano. Às 4h desta quinta-feira (19), os termômetros marcaram 11,5ºC na Vila Militar. Tudo por causa de uma tempestade subtropical que se aproxima do litoral e levou até a Marinha a emitir um alerta de ondas de até 4 metros de altura e ventos de 80 Km/h para hoje, no litoral fluminense.

Na região Serrana o frio é ainda mais intenso. A cidade de Petrópolis, por exemplo, chegou a registrar cerca de 2ºC, com sensação térmica de -18ºC.

Além do frio, a população deve tomar cuidado também com a umidade. Ontem (18), o Rio foi a capital mais seca do país, com o valor mínimo de 25% no ar. A baixa umidade provoca ressecamento das vias aéreas, deixando as pessoas mais vulneráveis a infecções e alergias.

Mais frio


Com o avanço da tempestade subtropical Yakecan para a Região Sudeste, o Sistema Alerta Rio informa que um sistema de baixa pressão atua no oceano influenciando o clima na cidade do Rio de Janeiro.

O tempo hoje no município segue com céu nublado a parcialmente nublado e previsão de chuva fraca a partir do fim da tarde, segundo o Alerta Rio.

As temperaturas continuam amenas, com previsão para hoje de mínima de 11ºC e máxima de 24°C. Amanhã a previsão de mínima sobe para 14ºC, com previsão de chuva fraca e isolada a qualquer momento.

No sábado (21), o transporte de umidade do oceano manterá o dia nublado e com chuva fraca e isolada durante a madrugada.

De acordo com a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura pode cair a 1ºC em Resende, no sudeste do Rio de Janeiro, município onde está localizada a comunidade de Visconde de Mauá, no alto da Serra da Mantiqueira, divisa com Minas Gerais.





*Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil