Dia Mundial da Doação de Leite: doações ajudam a salvar vidas de bebês prematuros

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. A data também chama a atenção da sociedade para a importância da doação de leite para os Bancos de Leite Humano (BLH).

O BLH é um serviço especializado em oferecer ações de apoio, proteção e promoção do aleitamento materno, dedicando-se à assistência das mães e dos bebês durante o processo de amamentação. Além disso, executa atividades de coleta, seleção, classificação, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite materno doado voluntariamente por mães.

Os bebês prematuros, considerando a sua condição de saúde e de internação, têm dificuldades de sugar o leite materno. Por isso, o leite humano do banco de leite é a melhor opção para alimentação de crianças internadas que, por algum motivo, não podem ser amamentadas diretamente no seio materno. A doação de leite materno pode ser feita por mães saudáveis que estejam amamentando seus filhos. Um frasco de leite materno pode ajudar a alimentar até dez bebês. 

“O leite materno protege contra infecções importantes e evita que crianças prematuras  tenham complicações, e traz diversos benefícios para os bebês prematuros e de uma forma geral. Mas, em especial para os bebês de risco que estão mais propensos ao óbito, por conta da fragilidade em que se encontram”, disse a coordenadora do Centro de Aleitamento e Banco de Leite da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp),  professora Kelly Pereira Coca. 

A bióloga e doula [profissional que acompanha a gestante durante a gravidez, parto e período pós-parto], Luana da Silva Freitas, de Ouro Preto (MG), conta a experiência de doar. “Doar leite materno é uma via de mão dupla porque favorece a pessoa que está doando, no sentido de esvaziamento dos seios, já que evita alguns problemas como a mastite, facilitando assim a amamentação do bebê, e ajuda bebês prematuros que não podem, por inúmeras razões, receber o leite materno da sua mãe”. 

Quem pode doar

Para ser uma doadora, basta estar saudável e apresentar produção láctea maior do que as necessidades do próprio bebê. Para isso, basta entrar em contato com o banco de leite humano mais próximo do domicílio para fazer a doação.

“A partir do momento que a mulher se interessa pela doação, a gente faz o rastreamento, avaliação dos exames, da saúde, a identificação se faz algum uso de medicação e analisa se tem alguma restrição.  Não havendo restrição, ela recebe todas as informações quanto ao armazenamento e extração do leite. Ela não precisa ir até o banco extrair o leite para doar. Ela entra em contato conosco e vamos direcioná-la, porque a doação também é regionalizada, temos bancos de leite distribuídos por todo o Brasil”, disse a professora Kelly.

Como doar no Rio de Janeiro

Para saber onde doar em seu estado, acesse o site da Rede Global de Bancos de Leite Humano.



Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira

Av. Rui Barbosa, 716 Flamengo

22250-020 RIO DE JANEIRO , RJ

Telefone: 21-2554-1703

Horario Funcionamento: SEGUNDA - TERÇA - QUARTA - QUINTA - SEXTA: de 08h às 11h55 e de 12h às 16h

Coleta Domiciliar: Sim

Hora Marcada: Sim



Região da Zona Sul e Adjacências

· Centro Municipal de Saúde Doutor Albert Sabin

Estr. da Gávea, 250 - Gávea

· Clínica da Família Roberto Correia Lima

Rua São Clemente 312 - Botafogo

Região da Leopoldina

· Centro Municipal de Saúde Samora Machel

R. Principal, s/n - Parque Maré

· Centro Municipal de Saúde Nagib Jorge Farah

Praça Michael Cheib, s/n - Jardim America

· Centro Municipal de Saúde Iraci Lopes

Rua Antônio Mendes, 02 - Sobrado - Vigário Geral

· Centro Municipal de Saúde Américo Veloso

Rua Gerson Ferreira, 100 - Ramos

· Centro Municipal de Saúde João Cândido

Av. Lobo Junior, 83, Penha Circular

· Centro Municipal de Saúde Hélio Smidt

Rua Tancredo Neves, s/n - Maré

· Clínica da Família Adib Jatene

Av. Canal, 364 - Maré

· Clínica da Família Joãozinho Trinta

R. Anamá, 55 - Vigário Geral

· Clínica da Família Aloysio Augusto Novis

Av. Brás de Pina, 651 - Penha Circular

Região do Grande Méier

· A coordenação de saúde da área disponibiliza carro que roda toda quarta-feira, pela manhã, para recolher leite humano de nutrizes cadastradas como doadoras nas unidades de Atenção Primária da região.

Região de Madureira e Adjacências

· Centro Municipal de Saúde Flávio do Couto

Rua Lúcio José Filho, s/n – Parque Ancheita

· Clínica da Família Ana Maria Conceição dos Santos Correia

Avenida Vicente de Carvalho, 1086 – Vila Cosmos

Região de Jacarepaguá e Adjacências

· Clínica da Família Barbara Mosley Souza

Avenida Otávio Malta, s/n - Anil

Região de Bangu e Adjacências

 · Clínica da Família Antônio Gonçalves

Avenida Brasil, s/n - Realengo

 Bancos de Leite Humano da Rede Municipal

 • Hospital Municipal Rocha Faria

Av. Cesário de Melo 3215 - Campo Grande

 • Maternidade Alexander Fleming

Rua Jorge Schimidt 331 - Marechal Hermes

 • Maternidade Carmela Dutra

Rua Aquidabã 1037 - Lins de Vasconcelos

 • Maternidade Fernando Magalhães

Rua Gen.José Cristino 87 - S. Cristóvão

 • Maternidade Herculano Pinheiro

Rua Andrade Figueira s/n° - Madureira

 • Maternidade Leila Diniz

Av. Ayrton Senna 2000 - Barra da Tijuca