Izabella Carvalho lança seu mais novo single: Conforto

Uma voz de Rondônia tem ecoado pelas igrejas das principais capitais brasileiras. Como um bálsamo para os ouvidos e refrigério para o coração, assim têm sido os louvores que saem da boca de Izabella Carvalho. A jovem cantora, de 23 anos, da cidade de Cacoal, lança nesta quarta-feira (18) o seu segundo single “Conforto”. Para marcar o momento, Izabella programou uma live no seu perfil no Instagram, às 21h30 (horário de Brasília). 

Recentemente, o locutor e vereador Eliel do Carmo compartilhou em suas redes sociais o clipe do primeiro single da Izabella, “Sossegai”, e eu, claro, quis contar um pouco mais aos leitores do Melodia News sobre a dona dessa voz tão doce. Confira a entrevista.

Como está o coração para o lançamento deste seu novo single, “Conforto”?

Izabella Carvalho:
Hoje o meu coração transborda de alegria, de gratidão a Deus, porque é o lançamento de mais uma música, mais um single, que Ele tem me permitido gravar. Esse é o segundo single, segundo lançamento. Os demais louvores que eu gravei foram da Harpa Cristã, covers caseiros. Hoje, Deus tem me dado esse presente. Eu digo que é um presente porque esse louvor chegou a mim como uma resposta depois de uma noite de oração, de muita angústia, de muita ansiedade. Mas assim como foi uma resposta para mim, eu estou criando muitas expectativas porque eu creio que será uma resposta para você também que está distante, que está com medo do futuro, que está enfrentando um caos. Eu tenho certeza que através desse louvor, você irá sentir o conforto da parte do Senhor.

Você está longe do eixo Rio-São Paulo, de onde normalmente surgem os maiores talentos da música gospel, onde há mais oportunidades de se tornar conhecida no meio. O que levou sua música chegar aos grandes centros?

Eu acredito que poucas pessoas me conhecem no Rio de Janeiro. Esses dias eu vi a postagem do Eliel do Carmo, um dos locutores da Melodia, e fiquei muito honrada. Vi ele compartilhando um vídeo meu, “Sossegai”, que tem alcançado muitas pessoas pela mensagem que ele carrega; um louvor da Harpa Cristã. Glória a Deus por isso.
Eu comecei na música, com as gravações, recentemente, no ano de 2020, que foi um ano muito difícil por causa da pandemia. O Senhor me permitiu gravar o single “Sobre Jesus”. Esse louvor declara que Jesus é o centro de todas as coisas. Ele traz a mensagem que nós não devemos colocar Jesus apenas num culto de 2 horas, no culto de domingo. Jesus é o centro de todas as nossas decisões, o centro da nossa casa. E foi com esse louvor que eu comecei a minha carreira. Mas o ministério eu comecei desde pequena; eu canto desde os cinco anos na igreja. O Senhor tem me entregado este dom. Meus talentos eu quero usar para a Glória do nome Dele, eu quero usar para o Reino, para alcançar mais vidas que estão sedentas pela Palavra.

O caminho que Deus tem me mostrado para levar o seu nome, levar a sua paz que excede todo o entendimento através de um simples louvor da Harpa Cristã, que às vezes ouvimos assim meio por cima, mas se formos prestar atenção na letra, é uma letra que alcança a alma, que alcança o coração. É dessa forma que eu desejo ir mais longe, mas não a Isabela ir mais longe, e sim Jesus através da vida da Isabela, através dos louvores que Ele tem me apresentado. 
Eu posso dizer que todos os louvores que eu gravei tiveram a permissão Dele, porque financeiramente é um investimento grande, não é uma produção como as que eu fiz, e eu não tenho condições. Se você me perguntar se eu tenho condições, se eu tenho empresário, não, eu não tenho. O meu empresário é Deus. Ele abriu as portas. Quando veio o desejo de gravar, eu simplesmente comecei. E as condições financeiras vieram enquanto Deus ia abrindo portas, enviando pessoas para abençoar, dando condições, porque é o Reino. É para a glória Dele. E a mensagem do Reino, a mensagem de paz que Ele quer transmitir às pessoas.

E além do talento, do dom recebido de Deus, você costuma ter outras cantoras como referências?

Eu tenho, claro, muitas referências. Desde criança eu tenho pessoas que hoje eu vejo que não perderam a essência do Evangelho. A primeira cantora que eu me espelhei foi a Bruna Karla. Eu lembro que eu, ainda bem pequena, fui numa loja de CDs e me encantei pelo CD dela; ela usava um bonezinho roxo na capa. Aquilo me chamou à atenção eu comecei a pesquisar e conhecer mais a Bruna Karla. Eu comecei a pesquisar, a entender mais sobre gravadoras, a entrar nesse mundo ainda pequena. Hoje ainda estou aprendendo, mas Bruna Karla foi uma das minhas principais referências. Tem ainda a Cassiane, que sempre preservou a essência do Evangelho nos seus louvores, na sua vida. Hoje eu também acompanho bastante a Gabriela Rocha que sempre transmite uma palavra de comunhão com Deus. Valesca Maissa, com o louvor “Árvore Cortada”, tem falado muito ao meu coração. São essas referências que eu busco para a minha vida. A pregadora Camila Barros que sempre tem uma palavra de autoridade. São essas pessoas que eu me espelho, para a Glória de Deus. E assim como elas eu quero preservar a essência do Evangelho.

Qual o papel da sua família na sua vocação?

A família tem sido a minha base, tem sido o meu alicerce. Sem eles eu não seria o que eu sou hoje, não teria chegado até aqui. Desejo sim chegar mais longe, mas sem eles eu não consigo. Sem Deus, sem a minha família, sem minha igreja eu não consigo. Fica a minha gratidão aos meus pais, aos meus irmãos, aos meus avós e aos meus parentes que têm abraçado o meu ministério. 

E quando eu falo de família, eu me refiro também a minha igreja. Teve um momento na minha vida, na minha adolescência, que a minha família de sangue estava desestruturada, passando por um momento muito difícil, e a igreja foi a minha família,  foi meu suporte, foi crucial.

Hoje, graças a Deus, minha família tem se levantado. O Senhor tem cuidado de todos os detalhes e hoje nós estamos estruturados para Glória de Deus.

E como é a sua relação com a sua igreja, a Assembleia de Deus de Cacoal?

Eu brinco que eu saí da maternidade e fui direto para lá. Estou desde pequena muito envolvida em apresentações, no conjunto das crianças, depois na adolescência e hoje na juventude. Graças a Deus eu sou regente da Juventude aqui da minha cidade, Cacoal, trabalho ao lado da liderança, participo do grupo de louvor. 
A igreja tem sido fundamental até na minha vida secular. Pra ser uma boa profissional, eu tive como base a minha igreja. Trabalhei como recepcionista, como auxiliar administrativo... e para ter o contato com o cliente, eu precisava desenvolver um bom atendimento; e isso eu consegui na igreja. Participando dos congressos, trabalhando na recepção de caravanas. Eu lembro que eu era uma criança tímida, mas envolvida nas coisas do Reino. E o Senhor tem me moldado, em tudo, tanto para o ministério quanto para a vida secular.
Atualmente eu trabalho em uma Rádio Gospel (Rádio Suprema em Cacoal/Rondônia), como locutora, e digo sem medo que a igreja foi fundamental nesse processo ministerial e também profissional.

Eu acho que o momento crucial da vida de alguém é quando nós descobrimos o real propósito da nossa vida. Há um tempo eu passei por uma crise de ansiedade, uma crise existencial, tentando entender o real propósito da minha vida. Eu achava que era somente na parte de louvor e congregando aqui. Mas hoje eu entendo que não. Além das atividades da igreja, eu comecei muito cedo na música. Tocava na orquestra, comecei tocando violino, hoje estou aprendendo outros instrumentos também. Mas além da música, eu creio que o Senhor tem algo na Palavra também, que eu ainda estou descobrindo.  

E voltando ao seu novo trabalho, como foi gravar “Conforto”? O que o público pode esperar desse single? 

Eu quero convidar a todos a assistirem à live do lançamento no meu Instagram, conhecer um pouco mais do meu ministério. Teremos um pouco de louvor, Palavra... temos também um sorteio acontecendo no meu Instagram para esse lançamento. Estou criando muito expectativa com esse louvor, que foi um presentão de Deus.

Foi após uma noite de muito choro e questionamentos que eu recebi uma mensagem do compositor desta canção, o André Freire, dizendo que o louvor “Sossegai”, da Harpa Cristã, que eu gravei, foi como um bálsamo para ele. E a canção que ele me presenteou também foi um bálsamo para a minha vida. Foi uma resposta de Deus ao meu coração, para aquele momento de angústia. Foi um conforto para a minha alma. Deus estava dizendo que ele estava cuidando de mim, do meu futuro. E que naquele momento, talvez, o Senhor estava fechando a porta para que eu entendesse que Ele é a porta principal,  é a bandeira branca em meio a todo aquele caos. É isso que a canção fala. O nosso maior conforto está no Senhor.

Gratidão Deus por todos os profissionais envolvidos também; pela vida do meu produtor musical, Luís Sérgio, que tem se tornado uma referência aqui em Rondônia e em todo o Brasil. Ele que produziu arranjo e sempre esteve envolvido comigo desde o primeiro trabalho. Gratidão também ao Johnny pela produção de vídeo e que esteve na direção do clipe. Que Deus abençoe! E também aos voluntários, ao Éber que esteve no violão da produção do clipe. Gratidão a todos e, claro, a Deus.

Eu creio! Vocês podem esperar um conforto da parte de Deus através desse louvor. Obrigada ao Melodia News pelo espaço e a toda a equipe e direção da Rádio Melodia.