Força-tarefa das Polícias Federal e Civil prendem suspeito de matar menina em Angra dos Reis

Uma força-tarefa da Polícia Federal e da Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu hoje (4) um suspeito de matar a menina Karina Sobral de Souza, de 9 anos, em Angra dos Reis, no sul fluminense. A criança foi atingida por uma bala perdida na noite do último domingo (1º), no bairro de Volta Fria.

O homem, suspeito de disparar o tiro que atingiu acidentalmente a menina, estava escondido na casa do pai, em São Gonçalo, na região metropolitana fluminense.

De acordo com a Polícia Civil, o homem teria atirado contra um usuário de drogas que devia dinheiro ao grupo criminoso do qual o suspeito faria parte. A bala acabou atingindo Karina.

Ontem, outro suspeito de participar da ação criminosa que resultou na morte da menina foi preso.

Segundo a Polícia Militar, os pais da menina disseram que estavam em uma atividade de lazer, na esquina da rua, quando um homem passou correndo e atirando.

Karina foi atingida na altura do tórax. Ela foi encontrada caída no chão já sem vida.

De acordo com a PM, no momento do assassinato, nenhuma operação ou guerra de facções estavam acontecendo no local.



Imagem: Reprodução/Redes Sociais