Pastor de megaigreja comete suicídio

Um pastor de apenas 30 anos e com seu ministério em ascensão tirou a própria vida na noite da última segunda-feira. Ele vinha lutando contra a depressão e por muitas vezes havia falado sobre seu problema publicamente.



Jarrid Wilson era pastor auxiliar da Harvest Christian Fellowship em Riverside, Califórnia (EUA), uma megaigreja conhecida por seu trabalho de evangelismo e liderada pelo pastor Greg Laurie.



Em sua última publicação nas redes sociais, no sábado (07), Jarrid escreveu:



“Não há nada de fraco em pedir ajuda. É a coisa mais corajosa que se pode fazer.”



A notícia da morte de Wilson foi anunciada pelo pastor Greg Laurie em sua página no Facebook e Instagram: 



“É com a mais profunda tristeza e choque que eu tenho que relatar que Jarrid Wilson partiu para o Senhor na noite passada”, escreveu o líder da Harvest Christian Fellowship.



“Em um momento como este, simplesmente não há palavras. Jarrid amava o Senhor e tinha o coração de um servo. Ele era vibrante, positivo e estava sempre servindo e ajudando os outros. Jarrid também lidou repetidamente com a depressão e foi muito aberto sobre suas lutas em andamento. Ele queria ajudar especialmente aqueles que estavam lidando com pensamentos suicidas. Tragicamente, Jarrid tirou a própria vida”, lamentou o líder evangélico.



Em outro trecho, Greg Laurie relembrou seu começo de caminhada com o colega de ministério:



“Jarrid juntou-se a nós como pastor associado na Harvest há 18 meses e havia se pronunciado várias vezes sobre esse mesmo problema de saúde mental. Ele e sua esposa, Juli, fundaram uma campanha para ajudar as pessoas que lidam com depressão e pensamentos suicidas chamada ‘Hino da Esperança’”, contextualizou, de acordo com informações do portal Christian Today.



“Às vezes as pessoas podem pensar que, como pastores ou líderes espirituais, estamos de alguma forma acima da dor e das lutas das pessoas comuns. São as pessoas que devem ter todas as respostas, mas nós não. No final das contas, os pastores são apenas pessoas que precisam alcançar Deus por Sua ajuda e força, todos os dias”, acrescentou.



Os casos de pastores que se sentem sobrecarregados em seus ministérios e terminam deprimidos são cada vez mais frequentes. Em muitas ocasiões, esses pastores terminam cedendo ao desespero e tirando a própria vida.



“Ao longo dos anos, descobri que as pessoas falam sobre o que mais lutam. Um momento sombrio na vida de um cristão não pode desfazer o que Cristo fez por nós na cruz. Romanos nos lembra que ‘nada pode nos separar do amor de Deus em Cristo Jesus’ (Romanos 8.39). Em momentos como este, devemos lembrar que, como cristãos, não vivemos de explicações, mas de promessas. Recorremos ao que sabemos, não ao que não sabemos”, escreveu o pastor.



“Sabemos que Jarrid depositou sua fé em Jesus Cristo e também sabemos que ele está no Céu. Permanecemos com a promessa de Apocalipse 21.4 que nos lembra que no Céu não há mais tristeza, sofrimento ou morte”, disse Greg Laurie.



Ao final de seu depoimento, o renomado líder evangélico norte-americano pediu que os irmãos na fé intercedam a Deus pelos entes queridos de Wilson, que deixou a esposa e dois filhos, Finch e Denham.



“Por favor, mantenha a família de Juli e Jarrid em oração. A família Harvest perdeu uma luz brilhante. Ore por nós enquanto lamentamos juntos. Se você ou alguém que você conhece está lutando com pensamentos suicidas, por favor, procure ajuda”, pediu.