Procon RJ alerta consumidores sobre saques do FGTS e do PIS

Desde o mês de agosto o pagamento do PIS já foi liberado. Já o saque de R$ 500,00 do FGTS para os trabalhadores com contas ativas ou inativas começa na sexta-feira (13). A liberação da retirada segue um cronograma da Caixa Econômica que vai até 31 de março de 2020. Em parceria com o Procon RJ, a Caixa vai disponibilizar dois funcionários para reforçar o setor de atendimento em cada agência do Estado. Eles irão ajudar os consumidores a solucionar os problemas no período dos saques.



A consulta ao FGTS pode ser feita através dos canais eletrônicos e telefone da Caixa ou pelo aplicativo FGTS.



Além do saque imediato, existe também o saque aniversário em que o trabalhador poderá retirar anualmente parte do saldo do FGTS. Mas vale lembrar que ao optar pelo saque aniversário, em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador não poderá resgatar o saldo integral da sua conta. Será possível apenas sacar o valor da multa de rescisão de contrato de trabalho.



O consumidor deve ficar atento ao procedimento em que se enquadra. Se o trabalhador tiver conta poupança na Caixa, o valor será depositado automaticamente. Para quem possui “cartão e senha cidadão”, ou apenas a “senha cidadão” o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento. Os demais consumidores poderão efetuar o saque diretamente no caixa presencial. Os valores até R$ 100,00 (cem reais) poderão ser retirados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF.



O Procon alerta sobre as fraudes que já estão ocorrendo e informa que o consumidor não deve realizar nenhum procedimento por meio de links enviados por e-mail, SMS ou WhatsApp. Criminosos estão se aproveitando desse momento para solicitar dados e terem acesso à conta.