Hospitais do Rio vão receber reforço de mais de 1.700 profissionais Os seis hospitais da rede federal no Rio de Janeiro vão ganhar reforço de pessoal. Os ministérios da Economia e da Saúde deram sinal verde à contratação emergencial de 1.786 profissionais para essas unidades. A portaria está na edição, de sexta-feira (8), do Diário Oficial da União.

A previsão é de que os contratos tenham validade de até seis meses, com a possibilidade de prorrogação por, no máximo, mais 18 meses. De acordo com o texto publicado, os contratados deverão atuar ao longo do “prazo necessário à superação da situação de emergência em saúde pública”, causada pela pandemia de covid-19, que ainda não está superada.

A lista de contratações inclui 326 médicos, igual número de enfermeiros, 816 técnicos de enfermagem e 218 profissionais de gestão, manutenção, apoio técnico e diagnóstico.

O trabalho temporário vai ajudar a desafogar o atendimento nos Hospitais Federais, todos na capital fluminense. São eles: Andaraí e Bonsucesso, na zona norte da cidade; Cardoso Fontes, na zona oeste, e Ipanema, na zona sul. Também o Hospital Federal dos Servidores do Estado, que funciona na zona norte, receberá parte desse pessoal temporário.