No Ritmo do Coração  se tornou o primeiro filme de um serviço de streaming a ganhar o Oscar Vencedor do Oscar 2022, o filme No Ritmo do Coração narra a comovente história sobre uma família surda com uma filha ouvinte. O filme se tornou o primeiro de um serviço de streaming, a Apple TV+, a ganhar o maior prêmio da indústria cinematográfica.

Quando o longa ganhou os prêmios de melhor filme, melhor ator coadjuvante e melhor roteiro adaptado, quase todos na plateia se levantaram e aplaudiram em linguagem de sinais.

No Ritmo do Coração derrotou o concorrente Ataque dos Cães, da Netflix, e obras de estúdios tradicionais de Hollywood.

"Eu realmente quero agradecer à Academia por reconhecer um filme de amor e família neste momento difícil que precisamos hoje", disse o produtor Patrick Wachsberger na frente do elenco.

Glamour
A cerimônia de premiação mais prestigiada de Hollywood voltou ao brilho total depois que as restrições da pandemia limitaram o evento do ano passado.

Mas o clima ficou pesado depois do episódio envolvendo o ator Will Smith, que ganhou o prêmio de melhor ator por interpretar o pai determinado das lendas do tênis Venus e Serena Williams em King Richard: Criando Campeãs. Ele não gostou da piada que o humorista e apresentador Chris Rock fez com sua esposa, que sofre de alopecia. Smith deu um soco no piadista.

Em seu pedido de desculpas ao receber o prêmio, ele disse: "Richard Williams era um defensor feroz de sua família. A arte imita a vida. Eu pareço o pai louco, assim como eles disseram sobre Richard Williams. Mas o amor fará você fazer coisas loucas."
A Academia de cinema afirmou no Twitter que "não tolera violência de nenhuma forma".


Confira todos os premiados

Melhor Filme - No Ritmo do Coração
Melhor Atriz - Jessica Chastain, Os Olhos de Tammy Faye
Melhor Ator - Will Smith, King Richard
Melhor Diretor - Jane Campion, Ataque dos Cães
Melhor Design de Produção - Duna
Melhor Documentário - Summer of Soul (Or, When The Revolution Could Not Be Televised)
Melhor Edição - Duna
Melhor Trilha Sonora - Duna
Melhor Roteiro Adaptado - No Ritmo do Coração - (Sian Heder)
Melhor Roteiro Original - Belfast
Melhor Atriz Coadjuvante - Ariana DeBose, Amor, Sublime Amor
Melhor Ator Coadjuvante - Troy Kotsur, No Ritmo do Coração
Melhor Figurino - Cruella - (Jenny Beavan)
Melhor Curta-Metragem - The Long Goodbye
Melhor Filme Internacional - Drive My Car, Japão
Melhor Curta-Metragem Animado - The Windshield Wiper
Melhor Animação - Encanto
Melhores Efeitos Especiais - Duna
Melhor Documentário de Curta-Metragem - The Queen of Basketball
Melhor Fotografia - Duna - (Greig Fraser)
Melhor Som - Duna
Melhor Canção Original - “No Time to Die”, Sem Tempo Para Morrer, por Billie Eilish e Finneas O’Connell
Melhor Maquiagem e Penteado - Os Olhos de Tammy Faye