Lei propõe leitura bíblica em Campina Grande/PB

Em Campina Grande, uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues propõe a leitura da Bíblia nas escolas públicas e particulares da cidade paraibana.



A lei foi publicada na última semana no Semanário Oficial do município, estabelecendo que o Poder Executivo irá regulamentar, em 60 dias, a sua aplicação nas unidades de ensino. A proposta foi apresentada no Legislativo pelo vereador Saulo Noronha (SD) e defende que a Bíblia é um livro que possui ensinamentos universais, geográficos e culturais que devem ser repassados aos estudantes.



“Este projeto é de cunho educacional e não religioso, a leitura bíblica proporcionará aos alunos fundamentos históricos e sua iniciativa não se contrapõe ao Estado laico”, discorre o projeto, apresentado no ano passado na Câmara.