Paciente com Losartana em casa deve pedir recolhimento à farmacêutica responsável pelo medicamento

A farmacêutica Sanofi Medley solicitou, nesta semana, o recolhimento de medicamentos com Losartana do mercado. A medida foi necessária após a identificação da presença de impurezas no remédio, que podem provocar mutações e elevar o risco do desenvolvimento de câncer.

A Losartana é um princípio ativo utilizado em remédios contra a hipertensão e a insuficiência cardíaca. Além disso, ela também pode ser encontrada em diuréticos.

Segundo a Sanofi Medley, farmacêutica que produz os medicamentos, o recolhimento é uma "medida de precaução devido à presença de impurezas mutagênicas". E os remédios deverão voltar ao mercado quando o IFA (ingrediente farmacêutico ativo) for ajustado.

Como os usuários de Losartana devem proceder?

A farmacêutica alertou que interromper o uso dos remédios de maneira imediata pode ser perigoso e provocar riscos graves para a saúde dos pacientes.

O ideal, portanto, é consultar imediatamente o médico responsável pela prescrição do medicamento, para que ele reorganize o tratamento. "O risco para a saúde de descontinuar abruptamente estes medicamentos sem consultar os seus médicos ou sem um tratamento alternativo é maior do que o risco potencial apresentado pela impureza em níveis baixos", alertou a Sanofi Medley.

O que fazer, caso tenha Losartana em casa?O recolhimento dos medicamentos com Losartana não apresenta nenhum tipo de custo ao paciente. Quem for liberado pelo médico para descontinuar o uso destes remédios deverá ligar para o SAC da Sanofi Medley 0800-703-0014 (segunda a sexta-feira, das 08h00 às 18h00) para agendar a coleta da medicação com um representante da empresa.