Erro médico? Ex-miss não consegue mais fechar os olhos e nem sorrir Uma ex-miss russa fez uma cirurgia plástica. Mas o procedimento não saiu como Yulia Tarasevich, de 43 anos, esperava. Hoje ela diz que não consegue sorrir nem fechar os olhos. Tarasevich foi reconhecida por sua beleza física, em 2020 ela ficou em segundo lugar no "Miss Russia International".

Em Krasnodar, ela fez um lifting facial, uma pequena operação nas pálpebras - a chamada blefaroplastia - e uma minilipoaspiração. Os médicos dizem que ela tem um defeito genético raro e que, por isso, desenvolveu essas complicações.

Tarasevich já apresentou uma queixa-crime às autoridades locais contra os responsáveis pela cirurgia. “Eu só queria corrigir algumas nuances relacionadas à idade. Mas infelizmente perdi minha saúde", disse ela à emissora russa 1tv. "Tenho cicatrizes que se formaram nas minhas bochechas quando arrancaram todo o meu tecido. Meus olhos não fecham e não consigo sorrir.""

Agora, surgiu uma disputa sobre se é um caso de negligência ou realmente uma doença rara. Porque até agora não há evidências de que Tarasevich também sofra da doença. “Os médicos que desfiguraram meu rosto se isentaram de qualquer responsabilidade. Então decidi ir à justiça", disse ela.

Enquanto isso, uma comissão de inquérito tratou do assunto - também para determinar a gravidade dos danos. As investigações estão em andamento.