Rainha Elizabeth testa positivo para Covid aos 95 anos A rainha Elizabeth II, de 95 anos, da Grã-Bretanha, testou positivo para Covid-19 neste domingo (20), mas seus sintomas são "leves" e ela pretende continuar com tarefas leves em sua residência no Castelo de Windsor, disseram assessores.

A notícia vem depois que o príncipe Charles, filho mais velho e herdeiro da rainha, testou positivo em 10 de fevereiro, dois dias depois de visitar sua mãe em Windsor.

Nenhuma informação foi dada na época sobre se a rainha Elizabeth - que neste mês completou 70 anos no trono - havia feito algum teste de Covid.

Ela retomou as audiências presenciais no castelo na semana passada, mas reclamou com um participante de sofrer de rigidez e foi fotografada segurando uma bengala.

"O Palácio de Buckingham confirma que a rainha hoje testou positivo para Covid", disse um comunicado do palácio.

"Ela continuará recebendo atendimento médico e seguirá todas as orientações apropriadas".

Embora normalmente sigiloso sobre a saúde da rainha, o palácio confirmou anteriormente que ela está totalmente vacinada contra o Covid-19.

A Associação de Imprensa da Grã-Bretanha disse que "sabe-se que vários casos também foram diagnosticados entre a equipe do Castelo de Windsor".

Não houve comentários imediatos do primeiro-ministro Boris Johnson. Mas seu secretário de saúde, Sajid Javid, tuitou: "Desejando a Sua Majestade a Rainha uma rápida recuperação".

Celebrações em todo o país para marcar o Jubileu de Platina da rainha devem ser realizadas em junho.

Na véspera do 70º aniversário de sua ascensão, em 6 de fevereiro, a monarca realizou uma recepção para os habitantes locais em Sandringham, sua propriedade no leste da Inglaterra.

Foi supostamente seu maior envolvimento público presencial desde que um problema de saúde inexplicável a fez passar uma noite no hospital em outubro passado.

A rainha, cujo marido, o príncipe Philip, morreu aos 99 anos em abril passado, passou grande parte da pandemia de coronavírus no Castelo de Windsor, com um número reduzido de funcionários domésticos.

Respeitando as regras do governo sobre o distanciamento do Covid, ela se sentou sozinha no funeral de Philip.