Escolas do Rio retomam aulas 100% presenciais As redes municipal e estadual de ensino do Rio de Janeiro retomam as atividades nesta segunda-feira (07), com aulas 100% presenciais. Para garantir o retorno seguro de alunos e profissionais, novos protocolos sanitários foram divulgados.

Dentre os procedimentos que deverão ser seguidos nas unidades públicas de ensino, os principais são a utilização de álcool em gel 70% e a obrigatoriedade do uso de máscara dentro das escolas.

Nessa volta às aulas, não será exigido do aluno comprovante de vacinação contra a Covid-19. O foco dos órgãos neste momento é na vacinação das crianças e na conscientização de pais e responsáveis.

Trânsito
Outra atenção especial é com relação ao trânsito, principalmente no entorno de escolas particulares que costumam receber um maior número de alunos motorizados. A Guarda Municipal montou a operação volta às aulas com um efetivo de 41 agentes. Eles vão monitorar o tráfego, orientar motoristas e auxiliar na travessia de alunos para dar fluidez ao trânsito e evitar acidentes.

Material didático
Para estimular o aprendizado, as turmas da rede municipal do Rio utilizarão livros com conteúdo diferenciado, valorizando a cultura e as pessoas dos territórios onde os alunos vivem.

O material pedagógico, produzido por professores da rede, foi enriquecido com fotos e informações, por exemplo, de líderes de projetos sociais e escritores cariocas nascidos em comunidades.

Alunos de escolas municipais também ilustram as páginas, numa iniciativa que ajuda a criança a se enxergar em seus livros.

Os capítulos têm personagens criados pela Multirio, com diferentes gêneros, gerações e tons de pele, contribuindo para uma diversidade identitária. Além disso, todos ganharam nome e história, o que torna o material mais humanizado. Outro diferencial é o deslocamento do eixo de território da cidade. Em vez de privilegiar marcas e pontos turísticos do Rio, os novos livros dão voz a histórias de bairros das zonas Norte e Oeste antes desconhecidas.


*Foto: Prefeitura do Rio / Divulgação