Enfrentando o bullying

O bullying é algo que acontece. Antigamente, na minha época, nós chamávamos de “encarnação”. Bullying é quando uma pessoa exerce um poder sobre outra, tratando ela de forma indigna. Primeiro que isso não deveria ser o proceder de um cristão. Jesus ensina até que se alguém deu um tapa em você, você deve oferecer a outra face. A diferença do bullying é como você vai tratar.

Teve um cara na Bíblia que sofreu um bullying. Você não tem ideia. O cara foi desafiar um lutador, o cara tinha três metros e o cara faz bullying com quem? Com o Rei Davi. Ele chegou para o Rei Davi e falou assim: "Rapaz, o que você está achando que eu sou, um cachorro? Está vindo com vara, com funda. Você está me confundindo, rapaz? Eu vou arrancar a sua cabeça. Os bichos vão comer, você não passa de um rapaz bonitinho". Olha que bullying que o Golias fez!

Davi tinha duas opções: avançar, ou seja, no sentido de não se intimidar, não tomar posse daquela palavra maldita, mal colocada e enfrentar os desafios. E aí, Davi chega após sofrer esse bullying e fala: "Cara, olha só, você pode falar o que você quiser, mas eu venho aqui em nome do Senhor e o Senhor entregará você na minha mão". E Davi derrotou Golias.

Então, eu quero dizer para você. Primeiro, cristão não faz bullying, ok? E se fizerem bullying com você, tenha a certeza de que o Senhor é contigo. Relaxa, ora, confia em Deus. Bullying acontece na escola, acontece no trabalho, em todos os lugares. Cuidado, a Bíblia fala: "No que depender de vós, tende paz com todas as pessoas". Confie que o Senhor vai com você. Ele vai fortalecer e vai tirar esse cara que faz bullying do seu caminho.

Entrega o seu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará.



 


s