Equipe anuncia culto em memória da pastora Ludmila Ferber

Após organizar uma despedida restrita aos familiares, a equipe da cantora Ludmila Ferber anunciou um culto em memória pela pastora, morta há uma semana vítima de câncer.

A cerimônia está marcada para esta sexta-feira (04), a partir das 20h, na Igreja Nova na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

“As inscrições para o culto já estão abertas. São gratuitas e serão feitas através do link na bio e nos stories”, diz a publicação no Instagram.

“Para os que não puderem comparecer, faremos uma transmissão ao vivo pelo YouTube e Instagram oficiais da pastora”, seguiu o comunicado assinado pela equipe pastora Ludmila Ferber.

A luta


Foi em 2018 que Ludmilar Ferber descobriu que estava com um câncer no pulmão. Na época, os médicos disseram que ela teria apenas 6 meses de vida. No entanto, sua fé em Deus a permitiu desfrutar por mais 4 anos da companhia das filhas Ana Lídia, Vanessa, Daniela e de seus amigos e demais familiares.

“Antes de descobrir o câncer de pulmão, a cantora relatou que tinha passado quase seis meses tossindo muito forte. "Como minha agenda é agitada, só fui investigar quando uma das minhas filhas me pediu com veemência que eu fosse ao médico. Então, em fevereiro de 2018, fui diagnosticada com câncer no pulmão, com metástases no fígado e nos ossos", contou ela à Veja, em 2019. 

Ao anunciar aos seus seguidores nas redes sociais que estava doente, Ludmila Ferber fez valer as letras de suas músicas que falam de fé e determinação.

"Essa é a hora de profetizar profundamente as canções que abençoam a tantos por todos esses anos", escreveu no Instagram após a primeira sessão de quimioterapia.