Obra do metrô de São Paulo desmorona e interdita Marginal Tietê

Uma parte da obra da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo desmoronou, na região do Piqueri, zona norte da capital, na manhã desta terça-feira (1°). Nas imagens mostradas por emissoras de TV é possível ver que uma parte da construção se rompeu e foi tomada pela água do leito do rio. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há vítimas, mas há ambulâncias próximas ao local para prestar eventuais socorros. Dois funcionários que tiveram contato com a água que jorrou do acidente foram socorridos pelos bombeiros.

O acidente ocorreu na pista local da Marginal Tietê, aproximadamente 500 metros antes da Ponte do Piqueri, no sentido Castello Branco, ao lado de um poço cavado, segundo os bombeiros, pelo equipamento conhecido como "tatuzão". Já a Secretaria de Transportes Metropolitanos diz que o poço foi aberto manualmente.

Segundo a corporação, a escavação feita pelo "tatuzão" atingiu algum rio ou adutora, o que fez com que o túnel escavado se inundasse.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que a Marginal Tietê ficou interditada por cerca de 50 minutos. Ainda há risco de novos desabamentos no local. 

Os funcionários da empresa responsável pela obra começaram a ser dispensados às 9h.