Damares parabeniza Doria por posicionamento contra ideologia de gênero

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, usou as redes sociais para parabenizar o governador de São Paulo, João Doria, por seu posicionamento contrário à ideologia de gênero. Doria atacou hoje (03) no Twitter a “ideologia de gênero” nas escolas.



“Fomos alertados de um erro inaceitável no material escolar dos alunos do 8º ano da rede estadual. Solicitei ao Secretário de Educação o imediato recolhimento do material e apuração dos responsáveis”, tuitou o governador de São Paulo.



“Não concordamos e nem aceitamos apologia à ideologia de gênero”, completou.



Quase simultaneamente, o presidente Jair Bolsonaro anunciou, também pelo Twitter, nesta terça-feira (3), que determinou ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, a restrição a qualquer discussão sobre gênero nas escolas públicas de ensino fundamental.



“O AGU se manifesta sobre quem compete legislar sobre IDEOLOGIA DE GÊNERO, sendo competência FEDERAL. Determinei ao @MEC_Comunicacao, visando princípio da proteção integral da CRIANÇA, previsto na Constituição, preparar PL que proíba”, tuitou o presidente.



Frequentemente a ministra Damares também tem se manifestado a favor da proteção da criança e do adolescente.



“Ideologia de gênero é violência contra a criança. Não é diversidade sexual, não estou falando dos homossexuais, das lésbicas ou das travestis. É além disso. Escolheram o Brasil como laboratório dessa teoria, mas estamos mandando um recado que acabou a brincadeira, nossas crianças não são cobaias”, diz ela.



“Aos que tem dúvidas do que falo, estudem um pouco sobre o que é a teoria ‘queer’. Ela se distância da comunidade LGBT, tornando-se até mesmo, um antagonista, contra a comunidade lgbt e da comunidade conservadora, ela quer ferir a todos!”, finaliza.