Vacinação infantil é suspensa em Lençóis Paulista após criança sofrer parada cardíaca

A prefeitura municipal de Lençóis Paulista (SP) divulgou uma nota oficial no início da noite de ontem (19) informando que suspendeu por sete dias a vacinação infantil em razão de uma criança de dez anos ter sofrido uma parada cardíaca 12 horas após ser vacinada contra a covid-19 na cidade. Segundo a família, a criança está estável e consciente. A prefeitura não teve acesso ao prontuário médico da criança, que foi atendida na rede privada. A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que é precipitado e irresponsável afirmar que o caso ocorrido está associado à vacinação. 

O município afirma, em nota, entender que não existe dúvida sobre a importância da vacinação infantil, mas, diante do ocorrido, foi dado prazo de sete dias para o acompanhamento e monitoramento diário das 46 crianças da cidade vacinadas até o momento.

De acordo com a prefeitura, na noite de terça (18), aproximadamente 12 horas após ser vacinada com o imunizante da Pfizer, a criança de dez anos apresentou alterações nos batimentos cardíacos e desmaiou, segundo relato do pai obtido pela prefeitura. Ela foi levada à rede de saúde particular para atendimento profissional, onde foi reanimada. Após ser estabilizada, a criança foi transferida para o Hospital da Unimed, em Botucatu (SP), onde permanece sob observação. 

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 quer mais informações sobre o caso para enviar relatórios aos órgãos de controle federais e estaduais. A Secretaria Municipal de Saúde já solicitou autorização para acesso ao prontuário médico, uma vez que a criança foi atendida na rede privada.

A vacinação de adultos segue normalmente no município.