Projeto de Lei pretende criar feriado do Dia do Evangélico no Rio Em breve chegará à Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro um Projeto de Lei para a criação do Dia do Evangélico, em 30 de novembro. Em sua proposta, o prefeito Eduardo Paes diz que “O Projeto de Lei visa homenagear a todos que seguem esta vertente da doutrina cristã”.

A lei federal de 2010 já estabelece o Dia Nacional do Evangélico em 30 de novembro. De acordo com o Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os 86,8% brasileiros que se declararam cristãos, 22,2% disseram ser evangélicos.

Já uma pesquisa Datafolha, publicada em 2020, mostrou que os evangélicos somavam 31% dos brasileiros que dizem ter religião. Conforme a pesquisa, as mulheres representavam 58% dos seguidores.

Apesar do crescimento cada vez maior do número de evangélicos no país, poucas cidades seguem a data como feriado.

O Brasil tem, pelo menos, três feriados católicos: Sexta-Feira da Paixão, Corpus Christi e o Dia de Nossa Senhora Aparecida, sem contar os feriados municipais. Amanhã (20), por exemplo, é Dia de São Sebastião, no município do Rio.