Vacinação de crianças de 5 a 11 anos começa no Rio; há novos postos em escolas e espaços culturais

A vacinação para crianças de 5 a 11 anos começa nesta segunda-feira (17) na cidade do Rio, de forma escalonada, e segue até 9 de fevereiro nas mais de 230 unidades de saúde da capital e em postos extras. Escolas municipais e espaços culturais também entraram na campanha para ampliar a imunização dos cariocas. Nesta segunda recebem a dose meninas de 11 anos.

Na Lona Cultural João Bosco, em Vista Alegre, as crianças serão recebidas por palhaços e pernas de pau, vão ganhar balões de gás e poderão deixar escrita uma frase sobre o que desejam para o futuro. O Museu do Amanhã e algumas escolas municipais – como a Henfil (Caju), a Prudente de Morais (Tijuca) e o Ciep Papa João XXIII (Santa Cruz) – também estão aplicando as doses. A lista completa, com endereços e horários, pode ser consultada em coronavirus.rio/vacina.

A criança deve ser levada ao posto pelos pais ou responsáveis, com o cartão de vacina, se disponível, e um documento de identificação. Pessoas com Deficiência e/ou comorbidades têm prioridade e podem ser imunizadas a qualquer momento, independentemente da idade, desde que tenham entre 5 e 11 anos.

A aplicação será feita com a vacina da Pfizer pediátrica, a única autorizada até o momento para essa faixa etária, em duas doses de 0,2 ml, com intervalo de 8 semanas. A imunização contra a Covid 19 é comprovadamente segura na prevenção do agravamento da doença. Nas crianças, a eficácia da proteção da vacina alcança 90,7% uma semana após a segunda dose.

A Secretaria Municipal de Saúde aguarda a regularidade na entrega das remessas de vacinas pelo Ministério da Saúde para manter o calendário anunciado.



Confira as unidades escolares que estão de portas abertas para a vacinação:

– CIEP Henfil – Rua Carlos Seidl, 71 – Caju

– EM Dr. Cícero Pena – Av. Atlântica 1976, Copacabana

– EM Prudente de Morais – Rua Enes de Souza, 36 – Tijuca (Próximo ao CMS Heitor Beltrão)

– Escola Municipal Anibal Freire – Av. Professor Plínio Bastos, 631 (em frente ao Olaria Atlético Clube)

– Ciep Patrice Lumumbe

– E.M Paraíba (Unidade de referência: CF Maria de Azevedo Rodrigues)

– CIEP Margaret Mee – Recreio dos Bandeirantes (Ao lado do CMS Harvey Ribeiro de Souza Filho) – (início terça, 18/01)

– EM Embaixador Dias Carneiro – Tanque (Ao lado do CMS Jorge Saldanha Bandeira de Melo) – (início terça, 18/01)

– EM Paulo Maranhão – Rua do Governo 866, Realengo – (início terça, 18/01)

– CIEP Raymundo Ottoni de Castro Maya – Rua Moranga, s/n, Campo Grande (Referência: CF David Capistrano e cms Mário Vitor)

– CIEP PAPA JOÃO XXIII – Avenida João XXIII, S/N SANTA CRUZ, CEP 23570-000 (Unidade de Referencia CF. Ernani Braga)

Além das crianças, quem mais deve tomar vacina nesta segunda?

A campanha inclui a dose de reforço (DR) para pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há quatro meses ou mais. A vacinação é destinada ainda às pessoas com 12 anos ou mais que não foram vacinadas contra a Covid-19 até o momento e segunda dose.

É possível antecipar a dose de reforço até o intervalo mínimo de três meses em casos de viagem, problemas de saúde e outras questões pessoais.

Pessoas com 18 anos ou mais que tenham imunossupressão e receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma de reforço) devem tomar uma nova dose de reforço (DR 2) com intervalo de quatro meses da primeira DR.