Homem que ameaçou matar Bolsonaro e líderes evangélicos será investigado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que vai abrir uma investigação sobre o homem que tentou invadir o prédio da Casa na última quinta-feira (29). Ele acabou sendo imobilizado pela polícia legislativa e foi detido (veja o vídeo). Alcolumbre disse ainda que é inadmissível qualquer ato de violência e vandalismo no local.



O mesmo homem aparece em um vídeo na internet, compartilhado pelo deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), ameaçando o presidente Jair Bolsonaro e parlamentares evangélicos.



Imagens de câmeras de segurança divulgadas pela TV Senado mostram o momento em que Victor Rafael Herzog pega um pontalete e quebra a porta de vidro. A polícia usou uma arma de choque para imobilizá-lo. Ele deve responder por crime contra o patrimônio público. A pena varia de multa a seis meses de prisão.