Mãe que matou os filhos a facadas pede para morrer

Stephani Ferreira Peixoto, de 36 anos, cortou os próprios pulsos após matar os filhos de 3 e 6 anos a facadas. Segundo o delegado Antônio Silvino Teixeira, titular da 67ª DP (Guapimirim), a mulher foi encontrada por policiais completamente ensanguentada em sua casa, em Guapimirim, na Baixada Fluminense, na tarde de ontem (10).

Segundo o relato da equipe que chegou ao local, Stephani disse: “Matei meus filhos, me deixa morrer. Minha vida acabou”. 

“Ela estava sentada na sala, sangrando muito nos pulsos. Perguntaram pelas crianças e ela apontou para o quarto. A autora não falou nada sobre os fatos, só ‘matei meus filhos, me deixa morrer’. No entanto, foi socorrida para o Hospital José Rabelo Melo, e seu estado de saúde é estável”, disse o delegado.

O marido estava abalado, segundo os policiais, e não entendeu o comportamento da mulher que ele considerava como uma “mãe excelente”. Vizinhos também compartilham da mesma opinião.

De acordo com a polícia, foi a própria mulher quem ligou para o marido dizendo que iria se matar. Ele pediu ajudar aos vizinhos que acionaram a polícia.

Os corpos das crianças foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Teresópolis. A arma do crime foi apreendida e a área isolada para perícia. Stephani recebeu alta do Hospital José Rabelo Melo na manhã desta terça-feira (11) e foi encaminhada ao presídio de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro.