Salário mínimo passa a ser de R$ 1.212 a partir deste sábado O Diário Oficial da União publica, nesta sexta-feira (31), a Medida Provisória nº 1.091, de 30 de dezembro de 2021, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que define o valor do salário mínimo, a partir de 1º de janeiro de 2022, em R$ 1.212.

A portaria informa ainda que o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 40,40 e de R$ 5,51, o valor horário.

Em sua fala, ao vivo, em uma rede social, na noite dessa quinta-feira (30), o presidente da República já havia anunciado o novo valor do salário mínimo para 2022.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.100.

Entenda o cálculo de reajuste do salário mínimo
No final de cada ano, o Executivo faz o cálculo de quanto o salário mínimo deverá ser no ano seguinte, com base na regra vigente.

Vale lembrar que até 2019 o reajuste do salário mínimo utilizava duas fórmulas de cálculo, sendo elas:

O PIB que reflete a soma das riquezas produzidas no país de dois anos anteriores;
A inflação medida pelo INPC.
Todavia, a partir de 2020 houve uma mudança na regra de cálculo do salário mínimo, que passou a desconsiderar o PIB e utilizando apenas o INPC como referencial de reajuste.

Salário mínimo x salário estadual
É importante lembrar que existe uma diferença com relação ao reajuste do salário mínimo. Isso porque o salário mínimo nacional diz respeito a um valor de âmbito nacional, unificado e determinado por lei para todos os tipos de trabalhadores.

Todavia, existem alguns estados que possuem seus próprios salários em decorrência da situação econômica de cada região, tendo em vista que em determinadas regiões pode-se haver um custo de vida mais elevado, ou ainda de acordo com estratégias do governo para impulsionar setores específicos.

No Brasil, atualmente temos quatro Estados que utilizam seus próprios pisos salariais, sendo eles:

Paraná;
Rio Grande do Sul;
Rio de Janeiro;
Santa Catarina.
Por fim, o valor do salário mínimo regional nestas localidades costuma subir juntamente com o reajuste anual do piso nacional.