Karina Bacchi revela ter largado as novelas após entendimento bíblico A atriz Karina Bacchi disse recentemente em seu canal Positivamente Podcast, apresentado no YoTube, que abandonou a carreira na dramaturgia por conta do que está escrito na Bíblia Sagrada sobre adultério. A revelação foi feita durante num bate-papo com o pastor Rodrigo Silva.

"Na Bíblia, a gente vê que Deus não se agrada do adultério. Uma atriz casada que vai interpretar uma cena na qual ela vai ter que beijar, abraçar... Aquilo não é considerado adultério? Acho que estaria sendo contra o que a Bíblia diz. Isso é algo que me conflitou demais", afirmou.

Na sequência, ela declarou que não conseguiria mais ter essa postura na frente das câmeras por levar em consideração o conteúdo bíblico. 

"Eu deixei a minha carreira por conta não só da Bíblia, mas também porque eu não me sentia à vontade em estar atuando, mesmo sabendo que aquilo não era eu, era um personagem. Eu deixei de atuar por opção, por escolha, por causa disso", contou.

O pastor, então, comentou a declaração de Karina e afirmou que se fosse ator, não beijaria outra atriz em cena.

"Sua pergunta é muito pertinente. Tenho que responder com certa clareza e ética ao mesmo tempo. Eu tenho os meus limites nesse papel, sou apenas o consultor. Eu, pessoalmente, se fosse ator, não faria o beijo com outra mulher", declarou.

Bacchi atuou em grandes produções como Pícara Sonhadora (2001 ), do SBT , O Clone ( 2001 ), Da Cor do Pecado ( 2004 ), ambas da TV Globo e Caminhos do coração ( 2007 ), da Record TV, foi seu último trabalho na TV.

Milagres
Seu relacionamento com a obra de Deus tem se tornado cada vez mais público. Hoje apresentadora, Karina compartilha nas redes sociais os milagres de Deus em sua vida e também na vida de seus familiares.

Casada com o ex-jogador de futebol Amaury Nunes, ela compartilhou com seus seguidores os momentos difíceis que passou quando sua família foi infectada pelo coronavírus há exatamente um ano. Bacchi exaltou a importância de sua fé em Deus.

Em uma postagem ao lado de parentes, Karina começou a dizer que o momento de contato com o vírus se tornou um trampolim para que sua família se convertesse ao Evangelho.

“Hoje quero dar Graças! Há exatamente 1 ano atrás, nessa mesma semana, tivemos a notícia que nossa família estava com Covid. A partir daí, o que poderia ter sido uma tragédia se tornou o ponto de virada para minha conversão. Deus não só curou o meu Pai, que ficou em estado grave; como curou a todos nós e ainda fez muito mais.”

Na sequência, Karina foi descrevendo seus sentimentos ao novo estilo de vida e como ele a tem completado como pessoa:
“De joelhos no chão, sozinha buscando por entendimento e entregando meu coração em busca de respostas e encaminhamento. Deus se revelou intensivamente e à Ele confiei toda a minha Vida. Enfrentei um deserto em minha alma, me senti muitas vezes sozinha nessa busca; mas segui confiante e Ele me supriu de tudo o que necessitava.”

Ela afirmou que até meu seu casamento foi beneficiado com a adoção da fé como base de sua vida:

“Tive meu casamento restaurado, meu esposo convertido e nos fortalecemos como casal, como família. Ele ainda fez mais! Enquanto me entregava e perseverava em oração, ele me abriu portas de bênçãos (…) Como é lindo ver o agir de Deu ! Ele tem ungido minhas palavras, meus ouvidos e meus passos . Através dele minha vida é inspirada, sou moldada e direcionada para cumprir os seus planos”.

Karina terminou a publicação no Instagram colocando Deus como o mestre de sua vida:
“Ele me curou da ignorância de achar que por mim mesma eu poderia chegar onde eu quisesse… Ele se fez luz em cada situação, em cada incerteza, de forma extraordinária! Ele preencheu corretamente todas as frestas que estavam sem reparo, enxugou minhas lágrimas, me levantou e me capacitou! Ele nos ama, nos molda e nos liberta! Por Ele e pra Ele sou grata. Sou fiel , sou filha, aprendiz e muito feliz! Obrigada Senhor! Por nascer em mim e me fazer transbordar de amor”.

Na foto da postagem, Karina Bacchi aparece na Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul, a mesma igreja das cantoras Aline Barros e Bruna Karla.



*Foto: Reprodução Instagram