Deputado Fabio Silva vai ao plenário da Alerj contra projeto que pretendia proibir evangelismo

O deputado estadual Fabio Silva (DEM-RJ) tranquilizou os cristãos do Rio de Janeiro acerca da postagem do também deputado Átila Nunes (MDB-RJ), que dizia que o Projeto de Lei para proibir pregações em locais públicos e privados havia sido aprovado. Na postagem, Átila chama evangelismo de "assédio religioso". Fabio foi ao plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro para garantir o direito dos evangélicos de continuarem anunciando o nome de Cristo no Rio de Janeiro.

“Esta postagem foi fake news. Este projeto que queria proibir pregações em locais públicos e privados não foi aprovado. Caiu por terra! Nós o derrubamos ontem na Assembleia Legislativa", disse o também diretor da Rádio Melodia em vídeo públicado em suas redes sociais.

Fabio Silva encerrou a gravação mostrando trecho da votação no plenário da Alerj em que ele contesta o projeto.

“Vossa excelência quer proibir nós, evangélicos, de pregarmos o evangelho! Nem por cima do meu cadáver… Como assim? Eu não vou poder pregar o Evangelho na Rádio Melodia?”, disse o parlamentar em um trecho de sua participação no plenário da Casa.