Trump diz à megaigreja que a América precisa de um Salvador agora, que não é ele

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump disse a milhares de fiéis e apoiadores durante uma mensagem de Natal na Primeira Igreja Batista liderada pelo pastor Robert Jeffress em Dallas, no Texas, que a América “precisa de um Salvador agora”, mas que o Salvador não é ele.

“Há mais de 2.000 anos, um anjo do Senhor apareceu… aos humildes pastores e proclamou o motivo da nossa alegria de Natal. Pois para vocês nasceu hoje na cidade de David um Salvador, que é Cristo o Senhor ”, disse Trump a uma multidão de cerca de 4.000 pessoas.

“Quando eu estava ouvindo Robert, talvez sem saber, você usava muito a palavra Salvador. E nosso país precisa de um Salvador agora. E nosso país tem um Salvador, e não sou eu ”, continuou Trump, de 75 anos.

“Essa é outra pessoa muito mais elevada do que eu. Muito maior."

Os comentários do ex-presidente foram feitos enquanto alguns apoiadores conservadores cristãos acreditavam que Trump era o líder escolhido por Deus para a América quando foi eleito em 2016.

Em sua campanha eleitoral, Trump se apresentou como um defensor dos valores conservadores cristãos e prometeu aos evangélicos grande poder e maior frequência à igreja.

Em sua saudação aos fiéis na Primeira Igreja Batista de Dallas no domingo (19), Trump afirmou que ajudou a salvar o Cristianismo durante seu mandato, mas “nuvens muito escuras” estão agora pairando sobre o país.

Ele explicou como ficou “um pouco insultado” quando conheceu Jeffress por meio de seu ministério na televisão.



*Você pode ativar a legenda em Português do vídeo abaixo diretamente no YouTube.