Coreia do Norte: população é proibida de sorrir por 11 dias As pessoas já não têm mesmo motivos para se alegrar no país mais fechado do mundo. Mas nesta época do ano, nem se houvesse motivos, isso seria possível. A Coreia do Norte proibiu o riso por 11 dias para marcar os 10 anos de governo de Kim Jong-un (foto) e comemorar o aniversário da morte de seu pai.

Qualquer sinal de felicidade, bebida alcóolica, comemoração de aniversários e compra de alimentos foram proibidos.

A restrição inclui proibir o riso e começou no sábado, 17 de dezembro, dez anos após a morte de Kim Jong-il.

Um norte-coreano da cidade fronteiriça de Sinuiju, disse à Rádio Free Asia: “ Durante o período de luto, não devemos beber álcool, rir ou nos envolver em atividades de lazer.

“Mesmo que um membro da sua família morra durante o período de luto, você não tem permissão para chorar e o corpo deve ser retirado depois de terminado o prazo."

A Coreia do Norte está divulgando decretos oficiais para explicar o modo de vida cotidiano do Reino Eremita. É muito fácil não comprar comida quando o país não tem comida.

Na prática, esta lei não precisaria existir. Já que os norte-coreanos não têm motivos para se alegrar. A comida, a bebida, os funerais e as festas de aniversário são inacessíveis à população. Seus valores são muito, muito caros.