Eleições 2022: Facebook e Instagram adotam avisos contra fake news Desde 10 de dezembro, postagens sobre as Eleições 2022 que forem publicadas no Facebook e no Instagram passam a ser marcadas com um aviso sobre o assunto. Sempre que os sistemas das duas redes sociais identificarem o tema, um cartão com links para o Portal da Justiça Eleitoral será exibido. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a iniciativa faz parte da parceria com o Facebook e o Instagram no combate à desinformação e busca proteger o processo democrático e ajudar os eleitores a terem acesso a informações confiáveis.

Um recurso parecido já é utilizado quando o post aborda a pandemia da Covid-19. Em publicações mencionando o assunto, por exemplo, a empresa coloca um rótulo com um link para uma “Central de Informações” sobre a doença, citando estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Aliança Global de Vacinas (Gavi).

O Brasil é o primeiro país a receber esses avisos, conhecidos como rótulos. O objetivo é ajudar na propagação de informações oficiais sobre o sistema de votação, além de colaborar para rebater desinformação e fake news sobre o processo eleitoral no pleito do ano que vem.

De acordo com a empresa, a novidade faz parte dos investimentos em políticas e ferramentas para combater a desinformação nos processos eleitorais em todo o mundo. Nas eleições municipais de 2020, foram removidos mais de 140 mil conteúdos das duas redes sociais no Brasil pela violação das políticas de interferência na votação antes do primeiro turno do pleito.