Homem vai à igreja para matar ex-mulher e acaba se convertendo O pastor responsável pela pregação que fez um homem desistir de matar a ex-esposa dentro de uma igreja no Cabo de Santo Agostinho, município de Região Metropolitana do Recife, falou a uma TV local sobre o livramento. O momento foi registado pela câmera acoplada a farda de um dos policiais militares que participaram da ocorrência. Após a oração, os policiais chamaram o suspeito e o prenderam.

''Quando eu comecei a pregar, era por volta de 20h30, e ele chegou dez minutos depois. Percebi que ele estava ali, mas continuei pregando. Depois, eu perguntei se ele era crente; ele respondeu que não. Não tinha como identificar se ele estava armado. Não conheço o rapaz e a moça também não tenho contato'', comentou o pastor.

Livramento
Nas imagens é possível ver que o culto acontecia no momento em que o homem teria entrado no templo. Segundo informações da polícia militar, o suspeito foi para a igreja armado, com uma finalidade: tirar a vida da ex-companheira, que frequenta a igreja.

''Na minha visão, ele estava ali para ouvir a Palavra de Deus. Eu chamei ele ao altar, ele veio, ficou de joelhos e eu ungi o rapaz. Nesse tempo, alguém falou que ele estava armado. Eu pedi para ficarem tranquilos. Quando levantei, os policias fizeram a abordagem. No final, tudo deu certo'', celebrou o pastor que acredita na conversão do suspeito.