Pastor brasileiro pode comprar time inglês

Desfiliado da EFL (English Football League), o Bury FC, tradicional clube com 134 anos de história e dois títulos de FA Cup no currículo, atravessa uma grave crise financeira e está perto de deixar de existir.



A esperança dos ingleses em não falir e fechar as portas está nas mãos de um brasileiro: o pastor Gustavo Ferreira.



Atualmente morando em Londres, Gustavo é dono da mineradora "WGS Mining" e do time de futebol cristão Fire United Christian Football Club, que disputa a divisão regional dos condados do leste na Inglaterra.



Em entrevista ao The Guardian, jornal inglês, o pastor afirmou que fez uma oferta de cerca de 7 milhões de libras (cerca de R$ 36 milhões) pouco antes do prazo final, 17h (horário local) da última terça-feira, para comprar a equipe e resgatá-la da falência. Agora, o brasileiro espera uma resposta da EFL.



Como o pastor chegou ao clube



O contato entre o pastor e o Bury FC foi feito por Adriano Basso. O ex-goleiro, que foi revelado pela Ponte Preta e teve passagem pelo Athletico Paranaense, fez carreira na Inglaterra e chegou a ser treinador de goleiros do Hull City e do Bristol City. Atualmente, faz parte da comissão técnica do Bury.



Ambos trabalham juntos na GFB Sports, uma empresa de consultoria esportiva que Gustavo é dono e Adriano é um dos agentes - o ex-jogador Macedo, que se destacou no São Paulo bicampeão da Copa Libertadores, também é agente da GFB.



Ao saber da oportunidade, Basso entrou em contato com Gustavo, que gostou da ideia e decidiu fazer uma oferta.



 



*ESPN