Como reconectar os jovens à fé? Livro aponta caminhos para aproximar millennials de Cristo Quantos jovens você conhece que deixaram de frequentar regularmente a igreja e abandonaram as atividades voltadas para a fé cristã? Segundo a pesquisa Juventudes no Brasil 2021, 30,67% dos entrevistados, entre 15 e 29 anos, não se consideram religiosos. Este dilema é tema central do livro Cultura Jovem Global, do autor britânico Luke Greenwood, lançado pela Editora Mundo Cristão.

Diretor da Steiger, organização internacional dedicada a aproximar a juventude da fé cristã, Greenwood sinaliza a necessidade de uma mudança de paradigma nas missões. O objetivo desta nova abordagem seria alcançar as gerações emergentes. “Eles não vêm até nós, então temos que ir até eles”, acredita.

Com a obra "Cultura Jovem Global: Como suprir a fome espiritual de uma geração", o autor apresenta exemplos de iniciativas missionárias voltadas para a juventude que podem ser replicados com eficácia. Ele compartilha dicas, sugestões de estudos bíblicos e recursos para o discipulado que visam alcançar aqueles que dificilmente frequentam os ambientes cristãos.

“Os jovens de hoje precisam experimentar o poder de Deus. Esta geração, que não aceita mais a verdade absoluta, carece de sinais que validem a mensagem.” (Cultura Jovem Global, p. 118)

Greenwood, que morou por muitos anos no Brasil e trabalhou com a recuperação de dependentes químicos no país, oferece caminhos para que lideranças religiosas, famílias e amigos possam reconectar os jovens à fé. “Minha esperança ao escrever este livro é despertar um movimento missionário que pregue o evangelho nos centros urbanos de todo o mundo”, declara.

Cultura Jovem Global é um chamado à coragem de se engajar com real compromisso na tarefa de comunicar a mensagem do evangelho a uma juventude carente de referenciais sólidos.