Neurocientista dá dicas de memorização para quem vai fazer o Enem

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (21). Além das regras gerais de todas as edições, neste ano o uso de máscara é obrigatório, assim como foi no ano passado. Para ajudar a acalmar os ânimos, reduzir a ansiedade e trazer mais segurança para os futuros universitários, o PhD neurocientista, psicanalista e biólogo Prof. Dr. Fabiano de Abreu preparou uma lista de técnicas que podem auxiliar na preservação da memória e, consequentemente, serem poderosas aliadas na hora de fazer o Enem.

Os portões dos locais de prova abrirão ao meio-dia e serão fechados às 13h, pelo horário de Brasília. As provas começarão às 13h30 e os candidatos terão 5 horas para fazer todo o exame.

Neste domingo serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias.

Quem ainda não conferiu o local de prova, deve acessar o cartão de confirmação de inscrição na página enem.inep.gov.br/participante.

Dicas para memorizar o conteúdo estudado

De acordo com o neurocientista Fabiano Abreu, existem exercícios que podem ajudar a aumentar a quantidade de informação que conseguimos memorizar, como também reduzir a possibilidade de desenvolver algum déficit de memória no futuro. Porém, é necessário que este treino seja feito com cuidados para evitar prejuízos. "É fundamental que haja momentos de pausas. Estes intervalos vão possibilitar um aumento da produtividade da pessoa", aconselha o especialista.

As dicas são:

1) Preparar 


Antes de começar, escolha o ambiente ideal para que você consiga manter o foco e prestar atenção somente naquilo que virá pela frente.

2) Gravar 

Use um gravador de áudio e leia em voz alta os textos. Isso vai ajudar a reter as informações e poderá ser consultado para relembrar o assunto.

3)  Anotar 

Escreva várias vezes as informações por tópicos até que o assunto fique mais claro em sua mente.

4) Dividir as notas


Distribua as anotações em bloquinhos de papel e coloque em lugares que você possa revê-los sempre.

5) Repetir 

Leia em voz alta linha por linha até conseguir fixar todas as palavras do texto.

6) Escrever aquilo que se lembra 

Após decorar o texto, aproveite e escreva tudo aquilo que ficou guardado na sua memória.

7) Ensinar alguém 

Ensine o conteúdo para outra pessoa. Você lembrará o que foi ensinado e saberá passar aquilo para frente, o que vai permitir reter mais informações sobre o assunto.

8) Ouvir as suas gravações 

Aproveite o momento em que estiver fazendo outras atividades para ouvir suas gravações.

9) Fazer intervalos 

Estabeleça pequenas pausas, pois estes intervalos vão ajudar a guardar os conteúdos. Mas não abuse, pois o excesso pode colocar tudo a perder.

10) Mapas mentais

 Organize a informação através de símbolos, imagens e gráficos, isso vai facilitar a memorização pois aquele conteúdo será associado à algo que você já conhece.

"Quando você aprende algo sua mente o transfere para uma hipotética câmara de armazenamento chamada 'memória de curto prazo'. O seu cérebro não sabe qual informação é importante e qual precisa ser descartada no momento que você as obtém. Por isso, ele espera um sinal que o ajude a reconhecer informações importantes que podem ser transferidas para uma outra hipotética câmara de armazenamento chamada de 'memória de longo prazo'", explica o neurocientista.

O Dr. Fabiano tem uma explicação bem interessante sobre como funciona o processo de memorização para que possamos entender o mecanismo da memória: "Para entender o processo de memorização, imagine um trecho de uma estrada reta com os seus limites, ou seja, início e fim. Um carro ao frear em alta velocidade, deixará uma grande marca de pneu, imagine que essa freada intensa seja a emoção e esta marca de pneu engramas de memória, logo, temos a memória. Caso não tenha a freada brusca, mas apenas leves freadas, terá que passar muitas vezes no mesmo trajeto para fixar uma maior marca, isso seria a repetição do conteúdo."

Seguindo as dicas de estímulo à memória, os estudantes poderão realizar as provas do Enem de maneira mais tranquila, o que além de proporcionar melhores resultados, pode ser uma chave importante para a realização de grandes sonhos.

As outras mais de 25 dicas de memorização do Doutor estão no artigo científico publicado na revista científica mexicana para América Latina Ciência Latina AQUI.