Rio passa a exigir esquema vacinal completo para acesso a alguns espaços fechados

Todas as pessoas a partir de 15 anos de idade na cidade do Rio deverão apresentar seus comprovantes de vacinação com as duas doses para acessar locais públicos, como estádios, cinemas, teatros, espaços de shows e museus. A determinação é da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vale desde esta sexta-feira (12).

A exigência ocorre porque houve a antecipação do prazo para a segunda dose da Pfizer para pessoas com 15 anos ou mais. Também os idosos de 61 anos ou mais deverão apresentar seus respectivos comprovantes com o ciclo vacinal completo, ou seja, com as duas doses da vacina contra a covid-19 mais a dose de reforço. Crianças e adolescentes menores de 15 anos não precisarão apresentar comprovante.

A comprovação da situação vacinal pode ser feita com o certificado de vacinação digital disponível na plataforma ConecteSUS ou com comprovante, caderneta ou cartão de vacinação.

 



Vacinação suspensa no feriado

No feriado da Proclamação da República, na próxima segunda-feira (15), os Centros Municipais de Saúde, as Clínicas da Família e os Centros de Atenção Psicossocial tipo 2 da cidade do Rio estarão fechados. Portanto, não haverá vacinação.

Já as unidades 24 horas, como as UPAs, Centros de Emergência Regionais, Centros de Atenção Psicossocial tipo 3 e hospitais da rede municipal de saúde vão funcionar direto no feriadão.

Neste sábado (13), os postos de vacinação fazem a repescagem da dose de reforço contra a covid-19 para idosos com 61 anos ou mais. As unidades também aplicam a segunda dose de acordo com a data estipulada no comprovante de vacinação.

Até o fim de novembro, todos os postos estarão aplicando a primeira dose em maiores de 12 anos que ainda não foram imunizados.

Para saber quais postos estão abertos hoje, acesse o site vacina.rio.