Largou o Tchan e segurou a Bíblia

Quem hoje vê a missionária Débora Brasil, aos 48 anos, pregando nas igrejas, jamais iria imaginar que ela foi dançarina do Grupo Gera Samba, que mais tarde virou É o Tchan, ao lado de Carla Perez e Jacaré, sucesso nos anos 1990 com músicas de axé cheias de coreografias sensuais. Hoje Débora também apresenta o programa Na Lente, de entrevista e entretenimento, exibido num canal comunitário de Vitória, Espírito Santo.



"Hoje sou missionária. Me converti já tem 13 anos e, ao invés da dança, levo a palavra de Deus, que salva, liberta, edifica a vida. Estou feliz com o que Deus tem feito, tenho pregado no Brasil todo, cantado louvores", disse a missionária em sua estreia como apresentadora.



"As pessoas me viam como dançarina, hoje posso usar aquilo que Deus me deu que é o talento da dança, o talento da voz, para levar a palavra de salvação, de mudança", completou.



Apesar de ter saído do É o Tchan há mais de 20 anos, a amizade com Carla Perez, que também se converteu a Cristo, segue firme. Em novembro passado, Débora postou uma foto de Carla com uma mensagem de aniversário. "Parabéns Lôra!!! Como é bonito ver a sua trajetória e crescimento como pessoa, como mulher, como profissional, como mãe e etc... E poder perceber que você continua com a mesma essência, humildade e resiliente. Pronta para aprender e ensinar quando necessário, eu mesmo aprendi com você. Por isso você tem o meu respeito e admiração", escreveu Débora num trecho.



No Instagram, Débora tem quase 20 mil seguidores, costuma postar fotos suas com passagens bíblicas nas legendas e gravar mensagens motivacionais religiosas. Na rede social também consta o link para um canal de YouTube criado pela ex-dançarina, que não foi adiante. Ela publicou há dois anos somente três vídeos com reflexões de passagens bíblicas e tem apenas 251 inscritos no canal.