Semana da Saúde na Baixada Fluminense já realizou cerca de 4 mil atendimentos Mais de 3.700 atendimentos foram realizados nesta terça-feira, 9/11, primeiro dia da Semana da Saúde na Baixada Fluminense, realizada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). O evento ocorre até esta quinta-feira, 11/11, na Praça Rui Barbosa, no Centro de Nova Iguaçu, das 8h às 16h, e segue as medidas sanitárias de controle à pandemia da Covid-19.

- O número de atendimento superou e muito as nossas expectativas. Estávamos prevendo cerca de 2 mil atendimentos, mas conseguimos praticamente dobrar esse dado. Essa ação é muito importante porque é o Estado levando os serviços de saúde pública até os cidadãos. Com a adesão da população e apoio dos nossos parceiros, tenho certeza de que teremos um recorde de serviços este ano – ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Durante os três dias de evento, estão sendo oferecidos exames de PSA e consultas com urologistas, além de aferição de pressão, testes de glicose, rápido de hepatite B e C, sífilis e HIV, para detecção de Covid-19, de alergia e de função pulmonar e bioimpedância. Quem passa pelo local também pode ajudar a salvar vidas, doando sangue no estande do Hemorio ou recebendo orientações sobre como ser um doador de órgãos, no estande do Programa Estadual de Transplantes (PET). As pessoas que ainda não se vacinaram contra Covid-19 também podem aproveitar o evento para receber a imunização.

Um dos serviços mais procurados foi relativo à saúde do homem, onde homens com 50 anos ou mais ou com casos de câncer de próstata na família puderam realizar consulta com urologistas e teste de PSA. No local, foram realizados 475 atendimentos. O aposentado Antônio Perrota da Silva, de 70 anos, foi um dos que passaram por atendimento e falou sobre a oportunidade de realizar a consulta.

- É muito importante fazer o exame. Eu faço desde os meus 40 anos. Nunca tive nada dessa doença. Me cuido muito! Para mim, essa oportunidade de fazer o exame hoje foi fundamental - afirmou ele.

Diversas autoridades também acompanharam o primeiro dia da Semana da Saúde. Entre elas, o prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, o secretário de Saúde do município, Luiz Nobre, e o deputado federal e presidente da Comissão de Seguridade Social e Família, Dr. Luizinho.

Durante toda a Semana da Saúde, é obrigatório o uso de máscara de proteção individual tanto nos espaços fechados quanto nos espaços abertos. Além disso, foram instalados totens com álcool em gel na área externa do evento. Uma equipe circula pela praça para dar informações, distribuir máscaras de proteção e borrifar álcool nas mãos das pessoas presentes no local.

A ação é realizada por meio de uma parceria entre a SES, a Prefeitura de Nova Iguaçu e a Rádio Tupi e conta ainda com o apoio das Drogaria Venancio, Hemorio, Cruz Vermelha, Brasil Sem Alergia e Grupo Rão.



(Foto: Rogério Santana)