Mesmo após batismo em igreja inclusiva, Thammy Miranda diz que não deixou de ser quem é “Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é. As coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” Assim diz o versículo de 2Coríntios 5.17. No entanto, Thammy Miranda disse que não deixou de ser quem é após passar por um batismo em uma Igreja Evangélica Pluralista, que acolhe o público LGBTQI+. Ela e a companheira, Andressa Miranda, passaram pelas águas no último domingo (31).

"Não deixamos de ser quem somos, temos nome e história de vida. A diferença está em que podemos iniciar uma mudança em nosso comportamento e uma nova história de vida, que será demarcada como antes e depois de nossa conversão ao senhor Jesus, está mudança é operada pelo Espírito Santo! Somos como um recém-nascido na palavra, estamos aprendendo a caminhar… Sabe porque Deus nos escolheu??? Talvez para contar essa história de amor e mostrar que não importa quem você seja, o que importa para Ele é a sua salvação!!!", legendaram Thammy e Andressa as imagens do batismo que compartilhou em suas redes sociais.

Em seu site, a igreja em que Thammy e Andressa foram batizadas descreve sua missão como "praticar e conduzir a todos, sem distinção, ao Evangelho testemunhado e ensinado por Jesus".

O batismo foi realizado pela pastora Lanna Holder, declaradamente lésbica, e casada há mais de 15 anos com a cantora gospel Rosânia Rocha, que chegou a ser casada com um pastor.

Há quase 10 anos, Lanna e Rosânia  dirigem uma igreja autodenominada inclusiva na cidade de são Paulo.