Preso é transferido após compartilhar rotina com mais de 2,5 mil seguidores no Tik Tok Um detento do presídio Dalton Crespo, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, foi transferido para a penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pellegrino (Bangu 1), no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, após registrar e compartilhar, nas redes sociais, a própria rotina dentro da cadeia.

Ele tinha mais de 2,5 mil de seguidores no Tik Tok, onde compartilhava cenas do café da manhã, limpeza da cela, jantar e, até uma partida de futebol durante o "banho de sol" dos presos.

"Boa noite na paz de Deus", escreveu ele em um vídeo durante o jantar. "Que Deus proteja nosso dia de todo mal”, comentou em outro.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária tomou conhecimento do engajamento digital na segunda-feira (01) e fez uma revista geral na unidade. Os agentes encontraram 17 celulares, 13 chips, além de uma pequena quantidade de drogas e outros itens não permitidos. Ninguém soube explicar como esse material foi parar dentro do presídio.

A Secretaria informou que a Corregedoria do órgão irá apurar a entrada do material não permitido e ressaltou que a atual gestão tem realizado, com frequência, operações para impedir o ingresso de produtos ilícitos nas unidades prisionais fluminenses.