Alexandre Frota revela ter queimado Bíblia enquanto estava sob efeito de drogas Em uma entrevista para o quadro ‘Mais que 8 Minutos’, de Rafinha Bastos, o ator e deputado federal Alexandre Frota falou sobre as loucuras que cometeu sob efeito de drogas. Frota achou graça ao dizer que chegou a queimar uma Bíblia quando tinha 18 anos. Ele revelou ainda ter trocado objetos de valor por entorpecentes.

Na entrevista, o parlamentar apontou o álcool como a porta de entrada para a maconha, cocaína, chá de cogumelo e ácidos em sua vida.

Apesar de achar graça de alguns momentos, o ator afirmou para Rafinha que foi uma fase bem difícil, que ele se sentia muito mal e totalmente preso ao vício. “Eu arranquei televisão da parede e entreguei na boca (de fumo), peguei bicicleta e entreguei na boca”.

Depois de anos no mundo das drogas, Alexandre se sentia cada vez mais sozinho e começou a culpar Deus por tudo que estava acontecendo. “Fui rico, fiz sucesso, fui para o fracasso, fiquei pobre (…) Eu chorava, cheguei a queimar uma Bíblia”. Frota contou que estava com uma faca na mão, queimando o item religioso e dizendo que Deus não existe, quando um amigo o encontrou.

Frota garante que está há 15 anos limpo, sem usar nenhum tipo de drogas. “Eu sou um sobrevivente, era para eu ter morrido. Era para ter acontecido comigo o que aconteceu com o Chorão”, disse referindo ao ex-vocalista da banda Charlie Brown Jr. que cometeu suicídio.

Foto: Arquivo pessoal