Homem é preso com material pornográfico infantil dentro de casa

Agentes da Polícia Federal prenderam um técnico de som nesta sexta-feira (23) que estava em casa na Freguesia, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, onde compartilhava arquivos com imagens de abuso sexual de crianças e adolescentes em rede internacional há pelo menos um ano. O homem não teve a identidade revelada.



Os policiais foram até a casa onde o técnico de som morava com a esposa e a filha para cumprir um mandado de busca e apreensão. E, ao chegarem no local, encontraram no notebook do homem os arquivos com as cenas de abuso. Ele recebeu voz de prisão em flagrante.



Segundo o artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é crime "adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente". Todos os equipamentos apreendidos serão encaminhados para a perícia.



Quem armazena material de pornografia infantil tem pena de 1 a 4 anos de prisão. Para quem compartilha, a pena é de 3 a 6 anos de prisão. A punição aumenta para 4 a 8 anos de prisão para quem produz esse tipo de material.