Bombeiros trabalham no resgate de vítimas do incêndio em um prédio em Taiwan Pelo menos 46 pessoas morreram em um incêndio em um prédio residencial na cidade de Kaohsiung, no sul de Taiwan. Outras 41 pessoas ficaram feridas no incêndio no bloco de 13 andares, de acordo com funcionários do Corpo de Bombeiros de Kaohsiung. Eles disseram que 32 corpos foram enviados direto para o necrotério da cidade. Outras 14 pessoas que não mostraram sinais de vida estavam entre as que foram levadas ao hospital e posteriormente declaradas mortas.

O chefe do corpo de bombeiros, Lee Ching-hsiu, disse que o número de mortos pode aumentar à medida que os esforços de busca e resgate continuam.
“Temos equipes procurando pessoas do sétimo ao 11º andar, especialmente residentes que ficaram ou foram trancados dentro de suas unidades”, disse Lee a repórteres no local. “Nesses casos, arrombaremos portas e vasculharemos seu interior.”

O corpo de bombeiros enviou 42 unidades para o prédio no distrito de Yancheng da cidade pouco antes das 3h da manhã desta quinta-feira (horário local) de acordo com seu sistema de status de casos.

O incêndio foi “extremamente violento” e destruiu muitos andares do prédio, de acordo com um comunicado do Corpo de Bombeiros.

Imagens postadas nas redes sociais pelo jornal local United Daily News mostraram uma densa fumaça saindo do prédio enquanto os bombeiros em escadas aéreas tentavam conter as chamas cerca de uma hora depois.

O incêndio foi controlado e as autoridades disseram que ainda estão investigando a causa desta tragédia. Eles pediram que testemunhas se apresentassem; alguns informaram à mídia local que ouviram um grande estrondo antes do fogo se espalhar.

O prédio tem cerca de 40 anos, de acordo com um comunicado oficial, com lojas nos andares inferiores e apartamentos em cima.