Voluntários encontram forma de chegar a idosos isolados durante a pandemia

Fazer o bem sem olhar a quem é o que move o grupo de voluntários do Projeto Bem-Vividos. Preocupados com o isolamento de idosos durante a pandemia, eles levaram cartinhas de acolhimento para alegrar pessoas que vivem em lares de longa permanência em São Luís, no Maranhão. 

Os voluntários encontraram uma alternativa para continuarem próximos aos idosos e encontraram nas cartas uma solução para quebrar esse isolamento. Além disso, continuam levando roupas, comidas e outras doações aos abrigos.

A ideia das cartas foi da diretora do Lar Bela Vida. Agora, outras pessoas da cidade também estão escrevendo cartas repletas de afeto para os idosos que vivem em lares de longa permanência.

As cartas podem ser enviadas por e-mail. Caso alguém queira doar algum presente, a própria instituição faz a busca do mimo. Em julho, foram entregues 15 presentes e 35 cartas. 

O Projeto Bem-Vividos realiza todos os trabalhos de forma voluntária e gratuita. Clique aqui para conhecer mais sobre essa iniciativa