Haddad é condenado por caixa 2

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad foi condenado pela Justiça Eleitoral por caixa dois. O juiz Francisco Carlos Inouye Shintate determinou pena de “quatro anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto”. O processo guarda relação com o uso de recursos da empreiteira UTC na confecção de material de campanha de Haddad para prefeito, em 2012.



Em nota, a defesa de Fernando Haddad informou que vai recorrer da decisão.



O ex-prefeito foi denunciado por suposto caixa dois de R$ 2,6 milhões da UTC Engenharia. Segundo a acusação do Ministério Público eleitoral, Haddad “deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar despesas”.



A denúncia narra que R$ 3 milhões teriam sido negociados com o empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, e depois repactuados para R$ 2,6 milhões. Além do empreiteiro-delator, o doleiro Alberto Youssef também citou as operações em depoimento.