Coaf muda de nome e ganha novo presidente

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, nomeou nesta terça-feira (20) Ricardo Liáo para a presidência da Unidade de Inteligência Financeira (UIF), o novo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).



Liáo é servidor do Banco Central e deixa o cargo de diretor de Supervisão do Coaf para assumir a UIF.



Na mesma portaria em que foi oficializada a nomeação de Liáo, Campos Neto confirmou a dispensa de Roberto Leonel, presidente do Coaf e servidor da Receita Federal.



Leonel foi nomeado presidente do Coaf pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. 



O Diário Oficial da União publicou na madrugada desta terça-feira (20) a Medida Provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro, que transfere o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (o Coaf) para o Banco Central e muda o nome do organismo para Unidade de Inteligência Financeira. 



A Unidade de terá autonomia técnica e operacional e vai atuar em todo o território nacional. 



Medidas provisórias têm força de lei assim que publicadas. A partir daí, o Congresso Nacional tem até 120 dias para votar a MP, aprovando o texto original do governo ou modificando o conteúdo. Se nesse prazo a medida não for aprovada, ela perde validade.