Bolsonaro viaja a Nova York para Assembleia da ONU O presidente Jair Bolsonaro embarca neste domingo (19) para Nova York, onde voltará a participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Será o terceiro discurso de Bolsonaro no evento desde a posse no cargo, em 2019.

A abertura do debate geral dos chefes de Estado e de governo está prevista para a próxima terça-feira (21). Desde a 10ª Assembleia Geral, em 1955, a reunião é aberta por um presidente do Brasil. As exceções ocorreram nos anos 1983 e 1984.

Em 2020, a assembleia foi realizada em ambiente virtual em razão da pandemia de Covid. Pela primeira vez em 75 anos, em vez de se reunirem no mesmo plenário, os líderes mundiais enviaram vídeos gravados que foram transmitidos durante a reunião.

Desta vez, a ONU definiu um formato híbrido para a 76ª edição da Assembleia Geral. Haverá declarações presenciais e outras gravadas – Bolsonaro preferiu viajar a Nova York.

Verdade ao mundo
O ministro do Turismo, Gilson Machado, chegou ontem (18) a Nova York para participar do evento. Ele gravou um vídeo em que diz que Bolsonaro aproveitará o momento para “mostrar a realidade dos fatos” ao mundo.

“Nosso país tem sofrido constantes ataques por parte da imprensa nacional e internacional, e nada mais democrático do que ter a atenção do mundo para mostrar a realidade dos fatos, e reforçar tudo que tem sido feito pelo Brasil”, disse. “Somos o país mais democrático da América Latina e mais preservado do mundo. Nada se compara ao Brasil”, concluiu.



Siga-nos