Termina sequestro de ônibus no Rio

Muitos tiros foram ouvidos por volta das 09h na área onde um ônibus com reféns estava desde as 6 da manhã, na Ponte Rio-Niterói.



O coronel Mauro Fliess, porta voz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, confirmou que um atirador de elite matou o sequestrador.



O criminoso mantinha 37 pessoas reféns, mas seis haviam sido liberadas antes do desfecho. Segundo a polícia, nenhum refém foi ferido.



O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi até o local parabenezir os policiais pelo sucesso desta operação.



A Ponte Rio-Niterói permanece interditada e está sendo liberada aos poucos.