Pastor critica transgêneros e diz que Deus não comete erros

Superintendente Geral da Igreja Cristã Redimida de Deus em Lagos, na Nigéria, o pastor Enoch Adeboye condenou os transgêneros em todo o mundo, exortando-os a “se arrepender e começar a trilhar o caminho da retidão novamente”.

O clérigo disse em uma postagem compartilhada em sua página no Facebook que Deus criou a humanidade com homem e mulher, mas algumas pessoas ainda sentem a necessidade de mudar seu gênero.

Adeboye enfatizou que Deus não comete erros e não é autor de confusão.

"Nosso Deus é o Deus de distinção; Ele não é um autor de confusão. Um homem escolhe ficar confuso quando não quer fazer a coisa certa conforme ordenado por Deus e, assim, finge que não sabe o que Deus quer dele (...) Quando Deus cria, Ele o faz com precisão e propósito. Ele criou as luzes para um propósito e as trevas para outro.

"Deus, em Sua infinita sabedoria, criou a humanidade como homem e mulher, mas algumas pessoas sentem a necessidade de mudar de gênero como se Ele não soubesse o que estava fazendo quando os criou!

“Deus não comete erros. Nosso Deus é o Deus perfeito e distinto. Ele criou o dia para o trabalho e a noite para o descanso. Se por algum motivo não descansamos em uma noite, o dia seguinte deve compensar a perda de descanso.

"Deixar de observar o repouso produz estresse, doença e, por fim, morte. Não é de admirar que a expectativa de vida nos últimos cinquenta anos tenha diminuído. Conquistas que normalmente deveriam levar 40 anos para serem realizadas são realizadas em menos de trinta, ao preço da morte mais cedo.

"Muitas pessoas misturaram muitas coisas profanas com o sagrado. O Deus da distinção nunca irá rebaixar Seus padrões. É nosso dever viver de acordo com Seus padrões.

"Olhe para a sua vida e veja onde você comprometeu seus valores como cristão. Arrependa-se e comece a trilhar o caminho da retidão novamente", acrescentou ele.


Siga-nos