Deputado ironiza cartilha anticorrupção do PT Após o site O Antagonista divulgar esta semana que o PT está produzindo uma cartilha anticorrupção, o partido virou motivo de piadas nas redes sociais. Vários políticos e internautas acusaram seu principal líder, o ex-presidente Lula, de tentar apagar da memória do país seu protagonismo nos escândalos do mensalão e do petróleo.

Segundo O Antagonista, a sigla comunicou à Justiça Eleitoral que está elaborando um “Programa de Combate Ostensivo à Corrupção”.

O PT apresentou formalmente a minuta de um “manual anticorrupção”, proibindo uma série de práticas que já levaram dirigentes como o próprio Lula e Zé Dirceu para a cadeia.

Em suas redes sociais, o deputado federal Sóstenes Calvalcante chamou o fato de “piada pronta”.

“Seria cômico se não fosse trágico, o partido mais criminoso da história do Brasil decidiu lançar um manual anticorrupção. Uma coisa é certa, para o PT é fácil fazer. Difícil é seguir”, publicou o parlamentar em seu Instagram.

A cartilha lista oito condutas, dentre as quais algumas foram atribuídas a petistas envolvidos na Operação Lava Jato por crimes como pagamento de propina e caixa dois de campanha.

Siga-nos