Padre é morto a tiros dentro de igreja no México O padre José Guadalupe Popoca Soto, de 43 anos, foi morto com um tiro na cabeça. O corpo foi encontrado na manhã de terça-feira (31) no interior da igreja de São Nicolau de Bari, em Galeana, estado de Morelos, no México.

Ele tinha um tiro na cabeça e estava dentro da igreja paroquial. De acordo com o bispado de Cuernavaca, o padre dedicou seus esforços à reabilitação de membros de gangues menores.

As autoridades do Estado de Morelos, uma das regiões mais violentas do país, ainda não identificaram o autor do crime.

A onda de violência é cada vez maior no México, a ponto de atingir cem mil homicídios dolosos em menos de três anos.

Popoca Soto, conhecido sobretudo entre as crianças e os jovens da localidade de Galeana como “Padre Cheché”, chefiava a populosa paróquia de San Nicolás de Bari.

Desde 2007, o “Padre Cheché” servia à Igreja Católica naquela diocese. O bispo, Dom Ramón Castro, comunicou a notícia do assassinato de Popoca Soto “com profunda tristeza” e disse confiar que as autoridades estaduais logo desvendem o crime.

Siga-nos