TV australiana transmite ritual satânico durante noticiário e diz que foi engano

Uma rede australiana acidentalmente transmitiu um clipe de um ritual satânico durante uma reportagem.

A ABC estava transmitindo um segmento sobre uma nova lei que propõe prisão para quem ferir animais da polícia e estava exibindo imagens do ministro da polícia Mark Ryan e dois outros homens ao vivo no canal.

No entanto, a reportagem foi brevemente interrompida por um clipe de um ritual satânico, com um homem em uma túnica preta declarando: “Salve Satanás”.

A rede então cortou para a apresentadora Yvonne Yong, que continuou profissionalmente com a notícia, apesar do soluço técnico.

Mais tarde, ela esclareceu nas redes sociais que não era uma brincadeira, tuitando: “Estávamos exibindo outra história com aquela filmagem naquela noite”.

A filmagem em si parece ser de uma transmissão ao vivo do “Noosa Temple of Satan” do ano passado, tendo feito manchetes na Austrália recentemente por pressionar o governo a permitir que os satanistas deem aulas de religião nas escolas.

A Igreja - que é separada do Templo Satânico - também foi notícia na época depois de parabenizar Christian Bale por sua vitória no Globo de Ouro por interpretar o vice-presidente americano Dick Cheney em Vice.

O ator anteriormente chamou a atenção para a instituição depois de agradecer a Satanás por “me dar inspiração sobre como interpretar” Cheney.