Gamer sucesso no YouTube e na Twich é indiciado por estupro de crianças O gamer Raulino de Oliveira Maciel, mais conhecido como Raulzito, foi indiciado pelo estupro de duas crianças, pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima. Ele foi detido graças a um mandado de prisão temporária expedido pela 4ª Vara Criminal de Niterói.

A expectativa da polícia é de que o Ministério Público deverá denunciá-lo em breve e a prisão preventiva seja cumprida.

A investigação comprovou, segundo a polícia, que o gamer fazia contato com os pais das vítimas por meio de redes sociais e, depois de ganhar a confiança deles, levava os menores para o seu estúdio, em sua casa em São Paulo, onde cometia os abusos.

Os crimes aconteciam também nas casas das vítimas. Raulzito prometia aos pais que transformaria as crianças em estrelas do mundo dos games. Os responsáveis acreditavam e hospedavam o criminoso em suas próprias casas.

Há suspeita de que ele tenha cometido o mesmo tipo de crime nos Estados Unidos, onde morou por um tempo.

Raulzito tinha dois canais de games no YouTube. Num deles, no qual jogava com "talentos mirins", tinha mais de 140 mil inscritos e chegou à marca de quase 2 milhões de visualizações. Já na Twich, maior plataforma de transmissão de games, eram quase 120 mil inscritos.

Parte superior do formulário

Siga-nos